Construção a Jato

Steel frame

O mais usado entre os métodos de construção seca no Brasil emprega uma armação de aço galvanizado envolta numa combinação de painéis que podem ser cimentícios, de OSB, gesso acartonado e outros materiais similares. Mas, diferentemente do drywall, já conhecido do grande público, suas paredes têm capacidade estrutural, e não apenas de vedação. Os perfis, fabricados previamente, são dispostos a cada 40 ou 60 cm sobre uma laje radier de concreto (na maioria dos casos, o pouco peso da estrutura permite fundações menos elaboradas), formando um esqueleto unido por parafusos. Em seguida vêm as camadas de fechamento, por entre as quais passam encanamentos, fiação e um recheio de lã de rocha, de vidro ou de poliéster, responsável por reforçar o isolamento térmico e acústico. “O conforto pode ser ampliado conforme a necessidade. Basta aumentar o número de placas intermediárias e a quantidade de lã do miolo”. Com um calendário de execução bem ajustado, é possível levantar uma casa de250 m² em apenas três meses num terreno previamente preparado. “E, como as peças chegam prontas e o canteiro se transforma em linha de montagem, a geração de entulho é mínima”.

Fonte:

Revista Arquitetura e Construção
Fotos: Studio Paralelo